Conheça como as normas ABNT auxiliam na elaboração de um projeto seguro

É por meio dos parâmetros estabelecidos em julho de 2013 que fabricantes, projetistas, construtores e moradores têm à disposição regulamentos que garantem a confecção responsável e de qualidade dos mais diversos projetos. Tais itens são extremamente necessários, afinal, possibilitam a segurança, durabilidade e a responsabilidade socioambiental esperada para atender a demanda do mercado de construção civil atual.

Ao todo são 881 normatizações estipuladas, que estabelecem a vida útil de materiais de construção civil, bem como definem prazos de substituição dos artefatos utilizados e determinam quais as ações necessárias para realizar a devida manutenção dos equipamentos.

Resumidamente, pode-se dizer que as normas ABNT dividem o projeto em seis partes, para que cada estágio de construção seja acompanhada minuciosamente. Diante o exposto, explicaremos melhor cada uma dessas etapas:

Sistemas gerais: É responsável pela manutenção de toda a obra, tratando então, de conferir os requisitos gerais de construção e verificar a eficiência e eficácia de todo o projeto.

Vedações: As normas estabelecidas para a realização adequada das vedações garantem a devida regularização das temperaturas no ambiente interno e oferecem a proteção acústica ideal ao projeto.

Coberturas: Neste caso, as normas possibilitam a construção de coberturas que aguentam uma determinada carga de peso e mensuram quantas horas a obra ficará exposta a incêndios sem ceder.

Estruturas: A ABNT regula os critérios de estabilidade para que um projeto seja considerado como seguro, bem como disponibiliza métodos de mensuração para ter a certeza de que a construção não apresenta fatores que possibilitam a criação de falhas e rachaduras.

Pisos: A ABNT garante calçamentos seguro e antiderrapantes, a fim de evitar possíveis acidentes.

Sistemas hidrossanitários: As normas desta categoria garantem que todas as estruturas da obra estejam devidamente conectadas a uma rede de tratamento de dejetos, como a rede de esgoto. Há também a pressão e peso padrão para que a obra seja considerada como segura e resistente.

Lembre-se de que tais regulamentos ficam à disposição para todos os interessados, bastando apenas acessar o site: http://www.abnt.org.br/.

Share This Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shopping Cart